06 Fevereiro 2023

Joana Barrona: A Doença Venosa Crónica não tira férias de Inverno

Joana Barrona é médica interna de Medicina Geral e Familiar na Unidade Saúde Familiar (USF) Afonsoeiro, Montijo. Neste artigo é feita uma chamada de atenção para o impacto das variações de temperatura, que ocorrem no Inverno, no comportamento das veias dos membros inferiores. Além da obesidade e da carga hormonal, a exposição a fontes de calor contribui para uma menor eficácia da circulação venosa e um agravamento da doença venosa crónica (DVC) – um problema de saúde pública, frequentemente desvalorizado, responsável por uma considerável morbilidade e incapacidade laboral. Conheça a perspetiva da autora.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.