Atualidade

15 Fevereiro 2021

Roger Rodrigues: “O exame físico será sempre fundamental no seguimento da patologia venosa”

Não obstante os avanços tecnológicos e de a telemedicina ter estado em evidência no contexto de pandemia, nada substitui o contacto direto entre médico e doente. É esta a convicção do especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular Roger Rodrigues, expressa num artigo a propósito do workshop “Duelos Digitais na Doença Venosa Crónica”, que ministrou no âmbito da Porto Vascular Conference e em que o foco foi a partilha de experiências com a Medicina Geral e Familiar.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.