Atualidade

18 Novembro 2020

“Os médicos de família estão bem preparados na área da doença venosa crónica”

“É muito importante abordar o tema da doença venosa crónica (DVC) porque, além de muito prevalente, esta doença tem impacto na qualidade de vida dos doentes, particularmente nos estádios mais avançados, como por exemplo a úlcera venosa”. As palavras são da especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular Joana Ferreira, a propósito da sua participação nas II Jornadas Multidisciplinares de Medicina Geral e Familiar (MGF).

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.