Atualidade

06 Setembro 2021

NOVA PRÓTESE VALVULAR VENOVALVE REDUZIU SCORE DE SEVERIDADE E MELHOROU A QUALIDADE DE VIDA DE DOENTES COM DOENÇA VENOSA CRÓNICA

A doença venosa crónica (DVC) afeta os membros inferiores de 60% das mulheres e 56% dos homens. Para reduzir as consequências da DVC, é imperativo reduzir o refluxo venoso e a hipertensão venosa que se desenvolvem no sistema venoso destes doentes. Vários métodos cirúrgicos foram desenvolvidos para reduzir o refluxo, sendo que as abordagens atualmente disponíveis para o tratamento de DVC incluem medidas higienodietéticas, meias de compressão, que oferecem alívio temporário dos sintomas, mas registam uma baixa adesão à terapêutica, tratamento farmacológico oral com venoativos e intervenção cirúrgica. As opções de tratamento para a DVC do sistema venoso profundo são limitadas. Já foram testadas várias opções cirúrgicas valvulares, como a criação de válvula de reparo, valvuloplastia externa e transferência de válvula da veia axilar ou transplante, embora alguns dos resultados obtidos sejam insuficientes a longo prazo ou com limitações técnicas.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.