Atualidade

15 Março 2021

Joel Sousa: O efeito do tratamento conservador baseado na fração flavonoica purificada e micronizada no tratamento do edema venoso crónico

O edema venoso dos membros inferiores define-se por um aumento visível ou palpável do membro acometido, secundário a um aumento do volume de fluido intersticial, e que acontece como consequência das alterações hidrostáticas e hemodinâmicas decorrentes da Doença Venosa Crónica. A sua presença constitui a característica clínica definidora da classe C3 da classificação CEAP e reflecte uma forma mais avançada de doença, com riscos de progressão para alterações tróficas cutâneas ou mesmo ulceração venosa.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.