08 Junho 2022

Correlação confirmada entre baixa qualidade de vida, provocada por DVC, e psicopatologia

O estudo transversal “RELAÇÃO DA DOENÇA VENOSA CRÓNICA AVANÇADA COM A PSICOPATOLOGIA E A QUALIDADE DE VIDA”, (Correia R, et al. Angiologia e Cirurgia Vascular.2021), resultante da colaboração entre investigadores da Nova Medical School, da Universidade Nova de Lisboa, e do serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Marta, CHULC, concluiu que os doentes com Doença Venosa Crónica (DVC) sintomática cursam frequentemente com distúrbios de ansiedade e depressão. A confirmação de gravidade clínica de DVC, baixa qualidade de vida e psicopatologias concomitantes sugere a necessidade de uma abordagem psicológica adjuvante aos pacientes com DVC.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.
18 Novembro 2020

“Os médicos de família estão bem preparados na área da doença venosa crónica”

“É muito importante abordar o tema da doença venosa crónica (DVC) porque, além de muito prevalente, esta doença tem impacto na qualidade de vida dos doentes, particularmente nos estádios mais avançados, como por exemplo a úlcera venosa”. As palavras são da especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular Joana Ferreira, a propósito da sua participação nas II Jornadas Multidisciplinares de Medicina Geral e Familiar (MGF).

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.